quarta-feira, 25 de maio de 2011

No frio, fique atento às calorias dos alimentos.


Os pratos que esquentam costumam ter gorduras demais, uma ameaça à dieta.


O friozinho chegando pede receitas que aqueçam o corpo, mas a maioria delas leva o ônus do aumento de peso e do colesterol ruim (LDL). Por isso, é necessário ter bom senso e moderação na hora de selecionar os ingredientes para uma alimentação saudável no inverno. "A proibição leva à culpa e à transgressão", salienta o Dr. Daniel Magnoni, cardiologista e nutrólogo do HCor-Hospital do Coração.




Mesmo que o inverno estimule a tentação de beber uma bela xícara de chocolate quente, é importante manter sempre uma dieta equilibrada com carboidratos, proteínas, lipídeos, vitaminas, minerais e água, para que o corpo não seja prejudicado. As sopas são uma boa pedida para deixar o frio de lado e ainda dar fim à fome. 

Para quem está acima do peso, há preparos saborosos com legumes, verduras, grãos, azeite de oliva e temperos. "Os legumes têm baixos índices de calorias, são ricos em fibras e facilitam a digestão. Já os grãos possuem, em sua composição nutricional, alta participação de gordura monoinsaturada, a chamada gordura boa, além de eletrólitos como zinco e selênio, que são importantes antioxidantes. No Brasil existem inúmeros produtos naturais e com sabor exótico que podem ser incorporados à alimentação diária", explica o nutrólogo.





O azeite é capaz de reduzir o colesterol LDL (conhecido como o mau colesterol) e aumentar o HDL (bom colesterol), que protege as artérias. Ao consumi-lo, são ingeridas 77% de gorduras monoinsaturadas, 14% de saturadas e 9% de polinsaturadas, o que torna este óleo mais saudável em relação aos outros.







Fracionar a alimentação durante o dia, incorporando legumes coloridos e frutas à alimentação, utilizar frutas em mistura com doces e salgados e também o sabor azedo de algumas delas na preparação de carnes, reduzir o sal e gorduras saturadas, aumentar gorduras monoinsaturadas, azeite de oliva e canola, evitar a ingestão refrigerantes e bebidas gasosas, reduzir o consumo de carboidratos no período noturno e aumentar o exercício aeróbico visando controlar o peso são algumas dicas para ter uma alimentação saudável sem riscos de aumento de peso. "Não comer por impulso e nunca deixar para fazer compras no supermercado com fome garantem o cuidado com a alimentação saudável", conclui Daniel Magnomi.





Fonte: http://yahoo.minhavida.com.br/conteudo/4928-No-frio44-fique-atento-as-calorias-dos-alimentos.htm


Gente, não é fácil manter o peso no inverno, credo. Dá vontade de comer só coisas calóricas, aff. Inverno é uma estação tão chique, mas não combina com se atrlhar de comida gorda, né? Ui... até a comida é chique e tem um aspecto maravilhoso. Então acho que tá valendo a dica, certo? Vamos nos esforçar prá não chegar no verão rolando, kkk.
Atenção! Mais exercícios, menos massas!!! Dá prá fazer cozidos a base de legumes e verduras que são verdadeiras gostosuras e ficam com a aparência bem atrativa, certo? Fica a dica de associar o uso de produtos para firmar e reduzir medidas corporais. Eu super indico o Targeted Corporal da marca que eu trabalho,que é TUDO!
Quem quiser conhecer, e só contatar. Bjks.

Mahaila

Um comentário:

Khenberly disse...

nossa postagem boa para me dar um chacoalhão
no inverno é dificil mesmo
bezooooooo

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...