domingo, 13 de fevereiro de 2011

Boa Alimentação é fundamental.

Nutrição.

Quem nunca ouviu que somos o que comemos? Hoje em dia, acredito que quase todos já sabem que é uma grande verdade que, com os ajustes certos em nossa alimentação diária, potencializamos qualquer esforço para melhorar os aspectos funcionais e estéticas do corpo. Em pontos, exponho a seguir umas perspectivas minhas que venho qualificando nesta minha caminhada:

· Nem todos os corpos ou quadros de saúde são iguais. O que funcionou para tua amiga, tua cunhada ou tua irmã pode não funcionar tão bem para ti. Tampouco é interessante ir incorporando de maneira errática as dicas dos outros (“Eu? Eu deixei de jantar”, “O fulano faz uma batida de seis vegetais com frutas verdes misturadas com um pó chines que a namorada do seu vizinho lhe deu. Parece que o gosto é tri ruim mas daí ele diz que pode comer normal depois”). Isto nos leva à próxima colocação:

· Procura um nutricionista para conversar sobre teu histórico de saúde e teus hábitos alimentares, bem como tuas metas para seu corpo. Leva todas tuas dúvidas sobre dietas famosas, sobre o ingrediente exótico do momento pipocando nos circuitos de amigos, sobre termos técnicos etc Informa-te sobre o que é melhor para ti. Evita o consumo de substâncias cujos efeitos em teu corpo desconheces. Para quem sairia muito cara uma consulta particular, os postos de saúde pública também contam com esse tipo de apoio.

· Nao é preciso e tampouco é aconselhável passar fome para perder peso. Eu sempre digo que não se trata tanto de fechar a boca e sim abri-la para alimentos mais adequados.

· Nao é preciso e tampouco é aconselhável engolir tudo toda hora para “deixar de ser magrela de qualquer jeito”.

· Dá sim, para comer “carboidrato”. Nas semanas que vêm, estaremos explicando um pouco mais sobre essa temida categoria que ganhou uma reputação horrível desmerecidamente. Os carboidratos são uma fonte importantíssima de energia, aínda mais para quem pratica alguma atividade física. Pede para teu/tua nutricionista explicar sobre as diferenças entre carboidratos simples e complexos, sempre em relação às tuas particularidades e metas corporais.

· Passar por uma re-educação alimentar não significa deixar de sentir prazer na mesa! Toda semana, esforcaremo-nos para oferecer receitas super simples porém hiper gostosas para vocês testarem.

· Cuidar de tua saúde com responsabilidade não significa que tu estas neurótica ou paranoica. Muitas foram as vezes que escutei essa crítica impensada, mas sempre de pessoas que não gozam de boa função ou estética corporal. Não deixa que a passividade e crítica alhéias te desestimulem. Deixa que alguém qualificado, como teu/tua nutricionista, te diga se estás extrapolando qualquer limíte. Uma das funções deste espaço é também para as pessoas se sentirem entre amigas, aínda mais se nos respectivos lares reais não houver apoio para tua iniciativa. Bastará entrar aqui para poder trocar ideias e desabafos com outras pessoas envolvidas no mesmo nobre esforço. Vamos pensar já num tema de desabafo? Que tal o de sabotagem? Quem tem uma história para contar sobre parentes ou amigos que tentam nos convencer que “não dá nada” comer uma porção absurdamente grande daquela rabada, ou daquela batata frita com seis queijos ralados em cima (aguentem arterias!) – sempre acompanhadas por várias cervejas? Ao final **tom sarcástico** “tu não vai fazer esses teus exercicio’ amanhã? Então!”;

· Cuidar da nutrição não é “coisa de gordo para perder peso”. Todos, independente de tamanho ou condição fisica, deverão sempre procurar ter uma alimentação rica em nutrientes integrais. Aquela dieta à base de refri, pastéis e salgadinhos não faz bem para ninguém. Entao, “para quê ficar ‘obcecando’ com comida se tu já é magra?”. Simplesmente: para te nutrir da melhor maneira possível. Teu corpo e tua mente te agradecem;

· ‘Magreza’ não é sinônimo de (boa) saúde e tampouco é carta branca para comer sem responsabilidade.


By Renelle.

Observação: Zuzana e Freddy não têm vínculo com o blog. Trata-se de um material gratuito e de alta qualidade cujo acesso estamos facilitando, como faremos com outros materiais da mesma classe e com o mesmo propósito, porém de outras fontes.

E ai, meninas, gostaram? Eu adorei! Acho super legal a maneira divertida com que a Renelle coloca as coisas. Aliás, ela é muito engraçada de fato. Comentem ai, contando as experiências de vcs, amigas! Bjks

2 comentários:

Isabelita @novamodaemdestaq disse...

A alimentação é tudo!!!

adorei o post.

bjus.

http://novamodaemdestaque.blogspot.com/

Vitoria Portes disse...

Dicas super valiosas.. Adorei ler!! Ah pena que eu não estava em porto alegre na data do encontro! Vi as fotos e adoreeei... PARABÉNS!

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...